Posts Tagged ‘Abe Vigoda’

Demoraram a cá chegar, mas chegaram. Foi esta quinta que os Abe Vigoda se estrearam em Lisboa, após um concerto no dia anterior no Porto, após anos de espera e expectativa. Como não o poderia ser, com um disco como Skeleton, uma bomba de energia ríspida e ruidosa que os colocou justamente num pedestal para muito boa gente? Um pedestal que tremeu com Crush, o último disco da banda, com menos guitarra e mais electrónica, com menos ruído e mais limpidez, mais genérico e com menos alma. E, até ao final da noite, o abanar ter-se-ia intensificado, e os Abe Vigoda teriam desiludido. Mas, antes disso, é urgente retroceder no tempo.

Advertisements

Pode faltar Sol, mas concertos é coisa que não falta a esta primeira semana de Maio. Dead Meadow, Aloe Blacc, Abe Vigoda, Paolo Conte, Ursula Rucker, Youth of Today, Yann Tiersen, Mr. Miyagi e Acromaniacos no Festival Outsider, Editors na Queima de Coimbra… há sugestões para todos os gostos.  Sugestão #1 – Dead Meadow A […]


Isto não é uma festa indie, mas podia ser. A Lovers & Lollypops anunciou, finalmente, os pormenores sobre os concertos que se avizinham, e que concertos! Em plena época de festas académicas, teremos Dead Meadow [na foto] e Abe Vigoda, em Maio, no Porto, a 3 e 4, respectivamente. Vão ser, portanto, dois dias com muita festa e boa música.


Este artigo poderia chamar-se “concertos que sabemos que vão acontecer e dos quais não sabemos muito mais do que isso”. Só que isso resultaria num título feio, então vamos por partes. Maio já se está a apresentar como um novo mês de loucos, se não, vejamos: Yann Tiersen, Sufjan Stevens, Dead Meadow, M. Ward, The National (que, já agora, esgotou hoje os bilhetes), Philip Glass, só para mencionar as mais importantes actuações que passam pela invicta.


A Galeria Zé dos Bois, situada lá no alto bairro cheiro da cultura da capital, é um dos sítios que mais nos acarinha com novas revelações musicais. Mas não só: há sempre espaço para nomes conceituados, oportunidades únicas, como é o caso da passagem, já esta semana, de Arthur Doyle (que também rumará ao Porto, no Passos Manuel).