Concerto: Asian Dub Foundation @ Porto

30Mar11

29 de Março, Hard Club, Porto
Texto por André Forte / Fotos por Ana Beatriz Rodrigues


Os Asian Dub Foundation estão no limiar da loucura. Numa descarga da melhor energia possível, o sexteto pan-londrino levou as suas raízes asiáticas ao Hard Club para mostrar como as misturas conseguem levar algumas centenas de pessoas a dançar, quase ininterruptamente durante uma hora e meia (com várias encores na equação), os impropérios anti-sistema vindos do palco.

É com esta dualidade, entre a consciência do mundo em que vivem e o acto contínuo de perderem a cabeça com a sua música electrizante, que se traça a ténue linha que mantém os Asian Dub Foundation numa postura insubstituível tanto para world music como para a pop, onde foram buscar nada mais do que a possibilidade de estenderem a sua comunicação.      

A sua electrónica, um quarto dub, um quarto asiática (sim, o nome fala por si), e meio acelerada, ou, antes, completamente, pode estar ainda na onda da década passada, e essa onda pode não ser mais do que a espuma do que foi anteriormente, mas os londrinos não vivem, definitivamente, de marés passadas. A tal consciência que sempre distinguiu os Asian Dub Foundation continua a dar-lhes o mérito todo que precisam para continuar a pôr toda a gente a dançar.

Como contrapartida ao negativismo, os londrinos sabem onde encontrar os motivos para continuar a lutar e esse aspecto foi clarificado logo na terceira música da sua actuação, Take Back the Power. O guitarrista Steve Chandra Savale, ou Chandrasonic, deu-nos o ponto positivo da queda do governo de Sócrates: “O vosso governo caiu, é altura de tomarem o poder de volta”.

Claro, onde as críticas não abundam, surgem os elogios, sempre pela mesma voz: “Esta próxima é para a polícia e para todos os que estiveram presentes na manifestação que houve em Portugal há umas semanas,” atirou Chandrasonic sobre a geração à rasca antes de se fazerem a Target; ou, antes da música homónima do novo A History of Now, declarar que o curso da história está a mudar, com as revoluções no Norte de África.

Sempre com as atenções concentradas nos dois vocalistas, enquanto os cordelinhos eram puxados bem cá atrás, por Sun-J, o senhor dos sintetizadores e das batidas, o palco da sala portuense assistiu, música atrás de música, a uma máquina incansável feita por monstros de palco. Por monstros e por um senhor monstro, o mestre da percussão que dá a vida mais orgânica à música dos londrinos, Prithpal Rajput.

Entre baixos sempre desenhados com o groove do dub e as batidas aceleradas, houve sempre direito aos típicos beatdowns que permitem aos Asian Dub Foundation desdobrar-se com enorme facilidade em estilos e a palavra-chave nestas coisas da world, em heterogeneidade.

Num concerto onde se destilou suor e se exorcizaram os demónios da vida quotidiana que nos tiraram, a audiência no do Hard Club teve mesmo direito a apagar as tristezas da memória para dançar Flyover, a já clássica música que catapultou os Asian Dub Foundation para as bocas do mundo, ou para derrubar as barreiras do racional ao ver o concerto a ser relançado com a avassaladora Fortress Europe.

Até onde foram os Asian Dub Foundation é algo só poderei dizer quando os efeitos retroactivos da sua música deixar de me pôr a dançar feito maluquinho. Mas antes maluquinho, sabendo que me vão tentar subir os impostos e que é tempo de mandar o Passos Coelho dar uma curva, do que certinho a votar no gajo.

Advertisements


One Response to “Concerto: Asian Dub Foundation @ Porto”


  1. 1 Asian Dub Foundation regressam a Portugal para actuar no Sudoeste « Ponto Alternativo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: